‘La Décima’

‘La Décima’

Após três finais na quadra dura, Rafael Nadal, enfim, soltou o grito de campeão em 2017 e fez história ao conquistar o Masters 1000 de Monte Carlo pela décima vez, feito nunca antes atingido em qualquer outro torneio do circuito.

O desempenho em Monte Carlo, onde venceu o espanhol Albert Ramos-Vinolas na decisão, lembrou o bom e velho Nadal.

Fisicamente muito bem, o Touro Miúra se defendeu demais, pegou tudo, contra-atacou, vibrou a cada ponto.

É preciso respeitar o maior nome do saibro de todos os tempos.

A grande polêmica do torneio ficou por conta da semifinal entre Rafa e David Goffin.

Quando o belga — que eliminou Novak Djokovic — sacava com 3-2 de vantagem na primeira parcial e estava a um ponto de abrir 4-2, Nadal mandou uma bola nitidamente fora, cantada pelo juiz de linha e confirmada pela marcação do próprio Goffin.

Mas o juiz de cadeira, roubando a cena, entrou na quadra e, de forma totalmente equivocada, apontou bola dentro, baseado em outra marca.

O ‘recurso’, que no saibro não pode ser utilizado pelos jogadores e só existe para uso da televisão, comprovou o erro grotesco do francês Cedric Mourier, que ouviu vaias durante toda a partida.

Naquele mesmo game, Goffin teve o serviço quebrado por Nadal e saiu completamente do jogo, perdendo por dois sets a zero.

Fica a dúvida sobre o ‘fair play’ do espanhol, que estava do outro lado da quadra e, teoricamente, não tinha nada a ver com a marcação e também sobre a adesão do recurso eletrônico no saibro.

Apesar da bola deixar marcas na terra batida, é preciso cogitar a tecnologia caso erros como o de Mourier voltem a acontecer.

Independentemente da polêmica, Goffin não teve cabeça para se manter no jogo e Nadal claramente mereceu a vitória.

La Décima

La Décima na Federação Paulista de Tênis

No torneio que tinha Andy Murray, Novak Djokovic e Stan Wawrinka, os quatro melhores foram Rafael Nadal, Albert Ramos-Vinolas, David Goffin e Lucas Pouille.

Impossível negar: o ano segue surpreendente, com os dois líderes do ranking em baixa.

Enquanto isso, o Touro Miúra, que já é quinto do ranking da ATP e o jogador com mais vitórias na temporada, caminha para o ano do deca!

Será que ‘La Décima’ conquista de Roland Garros vem por aí?

Jonas Campos

Deixe seu comentário