Thiago Monteiro o novo protagonista do tênis brasileiro

Thiago Monteiro o novo protagonista do tênis brasileiro

No duelo brasileiro entre Thiago Monteiro e Thomaz Bellucci, deu Thiago.

O cearense de 22 anos, apesar de jovem, tem cabeça de gente grande.

Mesmo com as oscilações naturais de seu jogo (ainda em evolução), sabe lidar com os erros e acertos e, principalmente, com os momentos de tensão da partida — o primeiro set, vencido num emocionante tiebreak (10-8), foi prova disso.

Thomaz Bellucci e Thoago Monteiro no site da Federação Paulista de Tênis

Do outro lado, Thomaz viveu seu dilema habitual entre a alta intensidade — que no início da semana lhe rendeu grande vitória sobre Kei Nishoikori —, e o velho problema que chamo de ‘físico-psíquico’.

Bellucci venceu o segundo set por 6-3 e, após atendimento médico e queda brusca de rendimento, perdeu o corpo, a cabeça e a terceira parcial pelo mesmo placar.

Na noite desta quinta-feira, no duelo que colocou frente a frente os amigos, parceiros de treino e principais nomes de simples do Brasil, venceu o tenista mais equilibrado.

Diante de um adversário teoricamente superior, Thiago Monteiro igualou a parte técnica e se sobressaiu no restante.

Foi melhor no físico e no mental e, ao chegar pela primeira vez às quartas de final de um ATP 500, mostrou que caminha para ser o principal nome do país no circuito.

Agora, diante do jovem e promissor Casper Ruud, tem a chance de avançar à semi no saibro carioca, onde se sente tão à vontade.

Apesar dos altos e baixos, é preciso enaltecer Bellucci. Se manter tanto tempo como o melhor brasileiro e beirar o top 20 do ranking mundial não pra qualquer um.

Mas a tendência é que em breve, muito em breve, o Brasil ganhe um outro protagonista:

Thiago Monteiro

Assinatura Jonas

 

Deixe seu comentário